Pular para o conteúdo principal

Marketing de conteúdo é nova aposta das empresas

Marketing de conteúdo para gerar bons negócios.
Antes de mais nada, vamos abordar alguns conceitos do marketing digital.

O marketing digital abrange muitos segmentos, pois é um conjunto de ações que tem como objetivo o sucesso de uma empresa na web. Pequenos e médios empresários que possuem empreendimentos online procuram saber com funciona o marketing digital, e logo se assustam com as diversidades de trabalhos e estratégias. Podemos citar alguns exemplos:

  • SEO: significa Search Engine Optimization ou otimização de sites para mecanismos de pesquisas. São técnicas que envolvem melhorias no site para serem bem posicionados nos resultados de pesquisas, como o Google. São melhorias de códigos, carregamento de páginas, conteúdos, meta names, e vai para a divulgação do site na web.
  • Redes Sociais: ainda há empresas que usam técnicas ruins para ter relação com os clientes e usuários. Postar apenas promoções não é um bom relacionamento. É preciso emplacar a marca, não serviços e produtos, e isso sim dá mais resultados.
  • SEM: significa Search Engine Marketing. São técnicas que tem como objetivo divulgar o negócio de forma patrocinada em diversos canais, principalmente nos mecanismos de pesquisas, como o programa Google Adwords ou estrategicamente em blogs e redes sociais, como o Facebook Ads ou locais patrocinados do LinkdIn.
Entretanto, existe uma técnica dentro do marketing digital chamada marketing de conteúdo. Há quem diga que essa é a estratégia que mais dá resultados, dependendo do nicho de mercado. Mas esse sucesso depende não só na qualidade do conteúdo, mas também nas estratégias de divulgação.

O que é e como funciona o marketing de conteúdo

Grande ideia: uso de conteúdo para mais negócios.
De imediato, tenho certeza que muitos leitores desse artigo imaginam que seja o ato de escrever textos persuasivos. Definitivamente o marketing de conteúdo vai muito além do que isso. É a prática de escrever textos em diversos canais, com o objetivo de levar conhecimento e informação sobre o produto ou serviço ofertado. Os canais mais utilizados são:


1 - Postagem em blogs

Muitos usuários não gostam de entrar em sites e se deparar apenas com produtos e serviços. Por mais que a função de um e-commerce seja exclusivamente a venda, há usuários que procuram informações também. O perfil do usuário mudou, pois pesquisa muito bem antes a marca, a empresa, o produto ou serviço antes de decidir onde e quando comprar ou contratar.

Imagine uma loja virtual segmentada que oferece apenas sapatinhos para bebês. Na página de produto, pode chamar o usuário para conhecer mais detalhes lendo um artigo no blog interno desse site. Nesse artigo, o conteúdo pode explicar como é feito o produto, a origem do material, como é o estoque e envio, além de outras informações de caráter de conhecimento, informando sobre a moda infantil, entre outros.

2 - Guest Post


Termo utilizado para promover artigos em blogs como autores ou escritores convidados. Essa técnica é usada no processo de link building para obter relevância no Google. Mas deixando de lado o SEO, é um bom negócio entrar em contato com donos de blogs e propor algum tipo de parceria ou convite para se tornar escritor convidado. Em troca, escreve um artigo de alta qualidade para o blogueiro, envolvendo a marca em questão. Há várias vantagens em Guest Post:


  1. O dono do blog recebe artigo gratuitamente.
  2. O conteúdo deve ser escrito para ajudar a audiência.
  3. Uma da fontes do artigo é justamente o seu negócio, engajando a marca para conversões futuras.
  4. Divulgação gratuita do conteúdo, principalmente se o blog tiver alta relevância e audiência no Google ou nas rede sociais.

Conteúdos complementares em produtos

Foi-se o tempo que apenas a descrição técnica de um produto era o suficiente para convencer o cliente. Hoje, o usuário gosta de ver muto mais informações. Uma boa estratégia, na página de produto de um e-commerce, conter um vídeo explicativo sobre algo relacionado, como a qualidade, processo de fabricação, tendências, entre outros.

Também pode conter um infográfico, com detalhes mais ilustrativas sobre o produto em questão. Outra maneira interessante de trabalhar com o marketing de conteúdo é usar podcast, apresentação em slides, entre outros.

E-books

Oferecer conteúdo gratuito para os clientes é uma forma de deixar a oportunidade para uma venda futura. O seu negócio precisa resolver todos os problemas dos clientes, não só entregando um produto ou serviço, mas antes disso, mostrando o quanto você é qualificado.

Ainda no exemplo de uma loja online segmentada em sapatinhos de bebê, seria interessante ofertar para os clientes a possibilidade de baixar um e-book que contenha um conteúdo que ensine com fazer 10 modelos de blusas de crochê para bebês. Claro que indicando a possibilidade de combinar com os sapatinhos ofertados pela loja.

Para baixar o e-book, o usuário é obrigado a informar o e-mail, e assim há dois ganhos significativos criando um bom conteúdo com e-books: primeiro, oferecendo algo gratuito que tem como objetivo vender sapatinhos. Segundo, com a coleta de e-mail, que pode ser usado para enviar mais conteúdos e assim engajar mais clientes.

Alguns dados interessantes

De cordo com reportagem da Revista Exame, 83% dos profissionais de marketing B2B brasileiros geram conteúdos e desse total, 49% afirmam que as estratégias são bem eficazes.

De acordo com uma empresa especializada em geração de marketing de conteúdo, a Rock Content, uma pesquisa aponta que as preferências estão distribuídas da seguinte maneira:

  • 79% investem em postagem de blogs.
  • 74% preferem conteúdos voltados para mídias sociais.
  • 65% já optam em materiais ricos, como e-books, artigos bem trabalhados, infográficos, entre outros.


Foto do jornalista Paulo Augusto Sebin
Jornalista atuante em consultoria de SEO para Google na agência K2 Comunicação, da cidade de Londrina - PR. Produz conteúdos para web em geral, otimizados e com qualidade. Siga-me Google+, Twitter e Facebook.

Comentários

Jornalista Paulo Augusto Sebin

Jornalista formado em 2009 pela Unopar. Desde 2011 atua na área de marketing digital, especialmente como especialista em SEO e produção de conteúdos otimizados. Também atua na otimização de conteúdo para estratégias de Inbound Marketing. Especializado em Marketing de Busca. Trabalhou em projetos de assessoria de imprensa para diversas empresas e comunicação comunitária, principalmente em emissora de rádio comunitária. Fundou jornal impresso destinado para grupo de empresários lotéricos de Londrina.
Selo de Certificados Google do Paulo Sebin
Certificado Inbound Marketing

Postagens mais visitadas deste blog

O que é SEO On Page e Off Page?

Links em fórum de discussão são ruins?

Texto para loja online - e-commerce

Como vender roupa infantil pela internet