Pular para o conteúdo principal

HTTPS Google usa para classificação

Uma grande novidade para quem trabalha com otimização ou se preocupa com o SEO do seu negócio online. Segundo divulgação oficial do Google, compartilhada pelo funcionário da empresa no Brasil, o Diogo Botelho, o uso de HTTPS vai ser mais um dos critérios de classificação nos resultados de busca.


De acordo com a empresa, é muito importante oferecer para os usuários navegação segura e criptografada para evitar problemas de roubo de dados, entre outros. Sendo assim, é importante ser exibido no resultado sites que oferecem uma navegação segura.

Na prática de SEO, o que muda?


Muita coisa. É comum atualmente bloquear o acesso dos robôs de busca para páginas com versões HTTPS Google por que de certa forma elas são iguais a outras versões do site. Bloquear elas evitaria a indexação de conteúdos duplicados.

Sendo assim, haverá uma inversão de valores. Provavelmente para mostrar de forma correta para o Google que seu site trabalha com sistema de criptografia mas com cuidado para que as versões HTTP (não criptografado) sejam vistas como conteúdos duplicados.


  • Canonical com referência para versões HTTPS
Nas páginas com protocolo HTTP deverá ter no código head um canonical indicando a mesma página mas com a versão para HTTPS. Isso indicaria que caso o Google venha a capturas versão sem criptografia, deverá saber que há a versão HTTPS e essa deve ser considerada a página "original". Por exemplo.

Numa URL http://www.seusite.com.br/pagina-de-produtos.html deverá ter na seção head o seguinte comando

<link rel="canonical" href="https://www.seusite.com.br/pagina-de-produtos.html" />

  • Redirecionamentos 301
Uma outra maneira interessante para mostrar ao Google que seu site oferece apenas versões seguras de navegação é criar no servidor redirecionamentos automáticos das versões HTTP para HTTPS. Ou seja, se tentar acessar a página http://www.seusite.com.br/pagina-de-produtos.html o usuário seria automaticamente redirecionado para a mesma página mas em sua versão segura https://www.seusite.com.br/pagina-de-produtos.html.

Obviamente que o redirecionamento seria compreendido pelo robô de busca e nenhuma página não criptografada seria indexada ou guardada pelo Google.


Foto do jornalista Paulo Augusto Sebin na postagem HTTPS Google usa para classificação.
Jornalista atuante em consultoria de SEO para Google na agência K2 Comunicação, da cidade de Londrina - PR. Produz conteúdos para web em geral, otimizados e com qualidade. Siga-me Google+, Twitter e Facebook.

Comentários

Jornalista Paulo Augusto Sebin

Jornalista formado em 2009 pela Unopar. Desde 2011 atua na área de marketing digital, especialmente como especialista em SEO e produção de conteúdos otimizados. Também atua na otimização de conteúdo para estratégias de Inbound Marketing. Especializado em Marketing de Busca. Trabalhou em projetos de assessoria de imprensa para diversas empresas e comunicação comunitária, principalmente em emissora de rádio comunitária. Fundou jornal impresso destinado para grupo de empresários lotéricos de Londrina.
Selo de Certificados Google do Paulo Sebin
Certificado Inbound Marketing

Postagens mais visitadas deste blog

O que é SEO On Page e Off Page?

Links em fórum de discussão são ruins?

Texto para loja online - e-commerce

Como vender roupa infantil pela internet