AD (728x60)

Copyright Text

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Qual melhor sistema ou plataforma de site para marketing digital

Compartilhe
Ilustração sobre funcionamento de site e preocupações com marketing digital.

Tenho absoluta certeza que muitos leitores desse artigo vão se identificar. Encontro toda semana empresário se queixando das dificuldades de aplicar ações qualitativas de marketing digital, tudo por que o sistema do site não colabora por diversos fatores técnicos e de navegabilidade ou usabilidade.

Cada empresário tem uma história e gostaria de contar a situação da Marília, uma empresária de São Paulo dona de uma loja de roupas infantis que resolvera entrar no meio digital. Crendo que bastava lançar um site qualquer que faria sucesso nos negócios online, logo percebera que a realidade era bem diferente. Espero que a história dela possa preparar você para escolher o melhor sistema de site para marketing digital.

Marília - do meio físico para o digital


Em fevereiro de 2004 Marília lançou uma loja de roupas infantis na cidade de São Paulo. Bom preço e atendimento diferenciado fez com que o marketing natural da indicação - o famoso boca a boca - expandisse. Em 10 anos lançou mais 3 lojas físicas. Após consultorias de negócios e pedidos dos próprios clientes, se convenceu que chegou o momento de vender as coleções infantis pela internet, abrangendo clientes de todo o Brasil.

O ano era 2012. Em poucos meses, ela fechou negócio com uma agência especializada em criar sites para o segmento de moda. Era um sistema padrão unificado. Marília cometeu o erro da maioria dos empresários que traçam planos para se lançar na internet: imaginar que basta publicar um site e pronto, garantia de sucesso. Então vamos relatar o que aconteceu.

Nunca esqueço. Era abril de 2014 quando recebi um telefonema.

- Paulo, meu nome é Marília. Sou dona de uma marca de roupas infantis. Há dois anos lancei um e-commerce para a minha empresa. Mas desde então as vendas são muito baixas, o tráfego é baixo demais. Só há tráfego quando invisto em links patrocinados - AdWords - e mesmo assim a taxa de conversão é baixíssima. Eu acho que preciso investir em SEO, pesquisei sobre o assunto.

Tratava-se de uma marca de sucesso, as avaliações da empresa eram ótimas. Uau, eu adoraria ter como cliente.

Como de costume, fiz uma análise básica de SEO gratuitamente. Ai meu Senhor Jesus, foi aí que deparei com uma situação difícil, porém, recorrente quando empresários e empresárias não se preocupam primeiramente com o marketing digital como um todo, não somente lançar um site. Era impossível aplicar qualquer otimização e não me espantou em nada por que a taxa de conversão em AdWords é tão baixa.

Dois dias depois, retornei a ligação e detalhei a situação.

- Marília, tudo bem? Infelizmente, tenho uma má notícia para informar. Agora eu entendo por que suas campanhas têm baixa conversão e consequentemente digo que não é possível eu aplicar as ações de SEO.

Ela se espantou!

- Como assim?

- O sistema do seu site não é amigável para aplicar ações de marketing digital. É tudo tão complexo que vou mandar um e-mail para detalhar por que dificilmente terá sucesso pleno, ao menos com marketing de busca.

Pelo tom da voz, Marília desconfiou que eu estaria dando justificativa qualquer por que não me interessaria pelo projeto.

No e-mail, especifiquei:

Sistema único e padronizado para todos os clientes da agência


A fonte do problema é que o sistema rodava em uma mesma plataforma compartilhada com todas as outras lojas do segmento de moda. Criar um sistema padrão é legítimo, ótimo modelo de negócio para agência de desenvolvimento, porém, quando o sistema não é projetado para receber customizações independentes, o marketing digital trará um resultado mínimo.

Para SEO, o conteúdo é o fator mais importante, mas se a qualidade do mesmo não estiver associado a eficiência técnica do site, os resultados serão menores do que os esperados.

  • Velocidade de carregamento – seria necessário otimizar funções Java Script, eliminar alguns elementos do HTML e aproveitar o cache dos navegadores.
  • Inserção de descrições adicionais nas categorias – sem isso, é difícil ofertar conteúdo de qualidade para mecanismos e usuários.
  • Esquema de “canonical” – havia milhares de páginas duplicadas pelo tratamento de páginas do site, seria facilmente resolvido com inserção de "canonical".
  • Impossível acessar robots.txt: o sistema não tinha o arquivo raiz e fui informado que não era possível aplicar porque seria replicado para todos os clientes da agência.
  • A maioria dos URL´s tinham parâmetros para apontar as categorias ou departamentos.
  • Buscadores não indexavam parte da descrição dos imóveis ofertados pela maneira que o Java Script foi tratado.
  • Ausência de retorno HTTP 404: ao apagar o cadastro de algum imóvel, comum ocorrer quando o imóvel é negociado, o sistema não retornava a condição de página inexistente por HTTP 404, pelo contrário, abria uma página com única frase “imóvel indisponível”. Cada cadastro apagado, os endereços eram indexados como páginas duplicadas e de baixa qualidade.
  • Marcações de dados: incrivelmente, existe marcação para corretores de imóveis, conforme pode ser verificado em Schema e compreendido sobre a semântica HTML e SEO. Alguns concorrentes apareciam no Google de maneira destacada. Pasmem, o sistema do site do João impossibilitaria tal implementação.
  • Otimização do servidor: de acordo com relatórios do Google Search Console, em média, 3 vezes por mês, o site ficava por horas fora do ar. O motivo era simples. Na hospedagem contratada pela agência responsável pelo sistema do site do João, havia compartilhamento com outras 100 imobiliárias. A depender do tráfego total, problemas surgiam.
  • Textos alternativos das imagens: pasmem, nenhuma imagem do site tinha o atributo ALT. Não era possível sequer implementar de maneira automática, talvez pelo nome de cadastro do imóvel.
  • Personalização de títulos de página (tag title): o site oferecia muitos títulos duplicados e de baixa qualidade. Infelizmente não era possível criar títulos personalizados, e assim de alta qualidade e melhores descritivos.
  • Otimização para dispositivos móveis: o site não era responsivo, era apenas adaptado.
  • Carrinho de compras não conta com otimização para abandono.
  • O sistema não permite a criação de arquivo XML com indicações apropriadas para campanhas do Google Shopping, o que compromete a eficácia das campanhas AdWords.
  • O sistema não permite a cotação de frete, exceto para a obrigatoriedade de entrar na conta do cliente, isso contribui para o carrinho abandonado ou taxa de rejeição.

Para todos os pontos acima, a agência responsável informou que não poderia atender às otimizações. E olha que a lista de problemas é muito maior.



Em menos de 24 horas após envio do e-mail, eis que Marília me liga.

- Nossa, agora eu entendi muito bem o quanto o sistema do meu site não ajuda. O que faço? - indagou.

No comércio digital milagres não surgem. Eu recomendei investir em uma melhor plataforma de site para aplicar marketing digital.

Uma semana depois...

- Paulo, fechei questão. Preciso de sua ajuda para escolher um melhor sistema de site para marketing digital na loja online da minha empresa. Me ajuda? - telefonou.

- Claro que sim.

Durante meia hora, debatemos possibilidades. Passei lista de agências que criaram sistemas customizáveis e genuinamente amigáveis para SEO. Também recomendei desenvolver o site novo no Magento que tem muitas vantagens quando o assunto é otimização e usabilidade, a depender da eficiência do programador.

Minhas indicações para de sistemas ótimos


Magento é ideal para e-commerce


Trata-se de um sistema "open source", e por isso a maioria das necessidades de SEO ou marketing digital são atendidas. É uma plataforma robusta que conta com atualizações constantes de acordo com relatos da comunidade.

Worpdress é ótimo para oferta de serviços - institucional


Não tem como competir com o Wordpress. É um sistema que conta com muitas plugins ideais para implementar e assim atender as necessidades do marketing digital.

E se for sistema de agência?


Cada caso é um caso. Há agências que desenvolvem sistemas incríveis, otimizados e amigáveis, outras apenas se preocupam em entregar um site e pronto, nada mais. Minha recomendação é consultar um analista de marketing digital que possui ferramentas apropriadas de avaliação.

Aprendizado para você empresário


Antes de contratar desenvolvimento do site da sua empresa, importante se preocupar com o marketing digital como um conjunto da obra, que o sistema do site já esteja preparado para atender as exigências de SEO, da usabilidade para o usuário - pois afeta diretamente as conversões sobre qualquer canal de acesso.

Espero que essa história, baseada em fatos reais, possa contribuir para um melhor conhecimento sobre o assunto e que faça uma decisão planejada para o sucesso do marketing digital da sua empresa. Precisa de ajuda? Estou à disposição para conversar ou aplicar soluções de marketing digital.

E como muitas empresas passaram por situações como essa, contei a história do João na SEM Rush, outro caso complicado, dessa vez do segmento de imobiliárias.
Marcações ou categoria: Marketing de Busca, Marketing Digital, Todos
Imagem do jornalista Paulo Augusto Sebin

Escrito por

Jornalista especializado em marketing de conteúdo e SEO. Atua em comunicação organizacional e otimização de conteúdos para mecanismos de pesquisas. Já atuou em jornal impresso, assessoria de imprensa e emissora de rádio.


0 comentários:

Postar um comentário

 

Melhores do mês

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-me por e-mail

Por que confiar em Paulo Sebin?

  • Especialista em SEO com dezenas de projetos de sucesso.
  • Sempre trabalhou mais de 4 anos por empresa.
  • Certificações Google e Comunicação Social
Copyright © Especialista em SEO e consultor marketing digital - jornalista Paulo Sebin | Layout feito por Templateism.com