AD (728x60)

Copyright Text

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Como fazer pesquisa de mercado - meio físico e digital

Compartilhe
Como fazer pesquisa de mercado - ilustração com gráficos
Pesquisas de mercado são procedimentos que os empresários devem dominar, já que elas podem ser realizadas com alguma periodicidade, de acordo com as necessidades do seu negócio. Porém, não adianta, mais cedo ou mais tarde, uma pesquisa de mercado é de extrema importância para o seu empreendimento.


E mais, é praticamente uma obrigação dos novos empreendedores que estão pensando em abrir o seu próprio negócio ou já estão fazendo isso. Mas afinal, porque é tão relevante para a sua empresa?
A questão é que todo o empreendimento possui um ou mais produtos ou serviços a oferecer, não é mesmo? Se você pensa em vender isso ou aquilo, é bem possível que imagine que existam pessoas interessadas, ok?

Mas quem exatamente são as pessoas com potencial a adquirirem o seu produto ou serviço, ou seja, quem é o seu público alvo? Quais são os seus hábitos de compra, de quais empresas elas costumam comprá-los? Quais são as empresas que atuam nesse setor? As vendas estão em crescimento? Quais os desafios?

Todas essas informações são essenciais para as diversas etapas do seu negócio e apenas uma pesquisa de mercado bem feita pode ajudar você a obter respostas para esses e muitas outras perguntas. Com isso, é possível ter um panorama geral do mercado que a sua empresa pertence.

Quando fazer pesquisa de mercado


Antes de saber como fazer pesquisa de mercado, é importante saber quando é importante realizá-la. Na verdade, ela pode e deve ser feita em uma série de momentos e quem deseja ter um empreendimento em constante crescimento pode, inclusive, realizar essas pesquisas de maneira periódica.

No entanto, existem momentos em que ela é mais necessária. É o caso de quando se está abrindo uma empresa. É preciso conhecer bem o mercado no qual se pretende atuar, caso contrário, corre-se o risco de vender um produto ou serviço que não alcance o sucesso previsto.

Embora muitas pessoas façam isso, tomar decisões baseadas em achismo não é nada salutar para o seu negócio. As pesquisas de mercado também devem ser feitas para avaliar como está o desempenho da sua empresa em um dado momento. Isso pode ser feito para ponderar se é a melhor hora para lançar um novo produto, por exemplo.

A pesquisa é adequada ainda para saber se a sua empresa está com prejuízo porque é mal administrada ou porque é o mercado como um todo que está em declínio. Esses são apenas alguns exemplos, resumindo: sempre que o empresário possui uma dúvida e quer fazer uma avaliação do cenário, a pesquisa de mercado é o melhor caminho.

Como fazer pesquisa de mercado

A pesquisa de mercado pode ser feita, basicamente, de duas formas. A pesquisa primária é realizada por meio da coleta de informações realizada pela sua própria empresa, com foco no seu negócio e isso pode ser obtido de modos variados, como os seguintes:

•    Entrevistas com os clientes por telefone, por e-mail (através de formulários online ou diretamente no corpo do e-mail) ou pessoalmente (quando estiverem no estabelecimento);
•    Pesquisas por meio do site da empresa ou redes sociais;
•    Pesquisas em grupos focais, nos quais se reúne uma amostra de potenciais consumidores ou clientes.

Nesse momento, é preciso fazer perguntar objetivas, para que as respostas também assim sejam e ofereçam resultados mais precisos. Desse modo, é possível fazer os seguintes questionamentos:

•    O que você leva em consideração ao fazer uma compra?
•    O que você mais gosta e desgosta dos produtos e serviços oferecidos?
•    No que os nossos produtos ou serviços podem melhor?
•    Como você avalia o preço que eles possuem?


A pesquisa pode levar mais tempo do que você gostaria para ser concluída, mas para que oferece dados relevantes, é necessário que seja consultado o maior número de pessoas possível.
Já para o outro tipo de pesquisa de mercado, a pesquisa secundária se faz uso de dados publicados por grandes instituições de pesquisa, entre eles, é possível citar o IBGE e o IBOPE.

Nesse caso, entretanto, a informações não são especificas sobre o seu negócio, mas sim, a respeito dos seus concorrentes, o que também é importante para ter referências e fazer comparações, bem como avaliar os hábitos dos consumidores do seu segmento de mercado.

Ambas as pesquisas são necessárias sendo que, quando você abrir um negócio, por exemplo, o mais indicado é fazer uma pesquisa secundária e, para medir o sucesso da sua empresa, a primária. Os dois tipos também despendem investimento de tempo e dinheiro, mas com certeza são bem aplicados.

No meio digital, analise métricas dos concorrentes


Um dos passos mais importantes para quem pretende entrar no meio digital é saber exatamente quem são os concorrentes que mais têm sucesso no meio digital. O primeiro passo é entender como as pessoas procuram os produtos e serviços do seu segmento. A pesquisa de palavras-chave é um passo essencial para entender o comportamento e tendência do consumidor.

Outra dica é monitorar quais são as principais fontes de acessos e quais serviços ou produtos são mais rentáveis pelos concorrentes. Para essa etapa, ferramentas de automação ideais, como a SEM Rush, que exibe métricas variáveis dos concorrentes.

Um passo a frente da concorrência

Agora que você já sabe como analisar a concorrência você precisa manter-se um passo a frente dela. O próprio pai da administração Frederick Taylor já afirmava que você se tornará obsoleto se não se atualizar a cada 3, 4 anos. Para isso, as empresas atuais tem buscado alternativas a fim de otimizar a gestão dos negócios, com um melhor controle de vendas, controle financeiro, controle de estoque, emissão de notas fiscais. Uma boa dica é fazer uso de sistema ERP online que vão facilitar o cotidiano dentro das empresa.

Artigo produzido pela Gestão Click. Jornalista Paulo Augusto Sebin não é responsável por este conteúdo assim como as informações nele contidos.
Marcações ou categoria: Todos
Imagem do jornalista Paulo Augusto Sebin

Escrito por

Jornalista especializado em marketing de conteúdo e SEO. Atua em comunicação organizacional e otimização de conteúdos para mecanismos de pesquisas. Já atuou em jornal impresso, assessoria de imprensa e emissora de rádio.


0 comentários:

Postar um comentário

 

Melhores do mês

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-me por e-mail

Por que confiar em Paulo Sebin?

  • Especialista em SEO com dezenas de projetos de sucesso.
  • Sempre trabalhou mais de 4 anos por empresa.
  • Certificações Google e Comunicação Social
Copyright © Especialista em SEO e consultor marketing digital - jornalista Paulo Sebin | Layout feito por Templateism.com