AD (728x60)

Copyright Text

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

O que é Marketing de Atração - solução para crise em 2016

Compartilhe
<--!more-->
O que é marketing de atração para enfrentar crise em 2016
O ano de 2015 foi marcado pela enorme migração das empresas do marketing tradicional, principalmente das mídias impressas, para o marketing digital. Não é à toa que o mercado da internet tenha registrado aumento nas vendas em datas comemorativas, enquanto que muitos segmentos das lojas físicas reclamaram de quedas nos faturamentos e volumes de vendas.

De acordo com dados divulgados pelos Profissionais do E-commerce, o volume de compras na internet cresceu 16% em relação ao Natal de 2014 e o faturamento cresceu 26% na comparação do mesmo período analisado.

Enquanto muitos segmentos presentes no mundo digital comemoram as vendas, nos demais setores, principalmente indústria e comércio de shoppings e ruas lamentam cenários tão ruins de 2015, como aumento do desemprego, queda na renda, valor do dólar nas alturas, ações de muitas empresas desvalorizadas. De acordo com dados da Serasa Enperien, o varejo teve queda de 6,4% só nas vendas de Natal, o pior índice desde 2003.

"Economistas afirmam que a economia brasileira continuará em situações difíceis em 2016. Investir na internet, ambiente com registros de crescimentos em tempo adversos, pode ser o melhor negócio para qualquer segmento"

A internet acompanha a nova realidade dos consumidores


Em tempos de crise os brasileiros usam a abusam da criatividade para economizar. A internet é um campo fértil para que usuários realizam as mais variadas táticas para comprar o que desejam sem gastar muito.

1. Pesquisa aprofundada em poucos minutos

Até as décadas de 1980 e 1990, inclusive nos tempos difíceis da inflação no governo Sarney, as pessoas visitavam diversas lojas ou supermercados da cidade para pesquisar preços ou dependiam de panfletos promocionais. Uma tarefa cansativa para conseguir a maior economia possível.

Atualmente, na frente de um computador ou smartphone, o usuário consegue em poucos minutos realizar uma pesquisa mais detalhada de preços, qualidade, avaliações, entre outros. Há uma pequena parcela de consumidores que realizam pesquisas na internet para comprarem nas lojas físicas, mas a grande maioria realiza compras diretamente nas lojas virtuais.


2. Preços melhores estão na internet, quase sempre

Na maioria dos casos, o mesmo produto pode custar 30% mais barato na internet. Isso acontece devido a redução de custos por parte das empresas, como energia e água, aluguel, funcionários (e-commerce também precisa de mão de obra para gerenciamento, porém com quadro de funcionários menor), e até ausência do pagamento de comissões entra nessa matemática. Sendo assim, o e-commerce é mais competitivo levando em consideração o poder de pesquisa dos clientes, conforme mencionado no item anterior.

3. O que é marketing de atração e como pode ser mais assertivo

Consiste em oferecer, por meio de conteúdos de alta qualidade, informações para os usuários. O processo de venda acontece em momento futuro. O cliente do século XXI está saturado de receber ofertas e promoções invasivas. Não há mais paciência para tolerar sequer carros de som, panfletos, publicidades em jornais. Quanta gente deixa a sala em horários comercias da TV? Quanta gente  prefere escutar músicas em formatos digitais ao invés do rádio só para fugir nos minutos infernais das publicidades?

O consumidor quer soluções e convencimentos de que são ideais. A oferta de conteúdo preenche essa lacuna.


Resumo das estratégias do marketing de atração

Infográfico sobre o que é marketing de atração e funil de vendas.
Infográfico produzido por: Viver de Blog

  • O site da empresa oferece, por meio de um blog ou outros canais, conteúdos relevantes e muito informativos, como artigos, e-books, palestras online, avaliações, infográficos, pesquisas, entre outros.
  • O usuário é atraído para consumir esse conteúdo por meio das mídias digitais, pesquisas no Google - para aparecer bem nos resultados de buscas é necessário investir em SEO ou Links Patrocinados -, e-mail marketing, entre outros.
  • O usuário deixa os contatos como e-mail e telefone para receber os conteúdos.
  • As empresas montam uma lista de contatos e os alimentam com mais conteúdos relacionados ao negócio, oferecendo soluções práticas.
  • A venda é o último passo, ao qual é ofertado o produto ou serviço depois que o consumidor foi conquistado pela confiança e autoridade no mercado por meio de informações úteis.

O consumidor é mais propício a fechar negócio na internet por que a publicidade não é invasiva. Na maioria das vezes, anúncios de todos os meios de comunicação tradicionais, como TV, revista, rádio e jornal, são exibidos para os consumidores em momentos inapropriados, enquanto que na internet o consumidor procura o que comprar ou contratar no momento exato da pesquisa, e nada melhor do que encontrar conteúdos informativos para avaliar o quê, como e onde investir.
O empresário precisa estar preparado para esse novo marketing, pois caso contrário, a crise poderá arruinar com os negócios.
Marcações ou categoria: Marketing Digital, Todos
Imagem do jornalista Paulo Augusto Sebin

Escrito por

Jornalista especializado em marketing de conteúdo e SEO. Atua em comunicação organizacional e otimização de conteúdos para mecanismos de pesquisas. Já atuou em jornal impresso, assessoria de imprensa e emissora de rádio.


2 comentários:

  1. Parabéns, mais uma vez um conteúdo de qualidade, por isso acompanho seu blog
    a mais de 2 anos e tento aprender todos os dias com seus ensinamentos e dicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jorge Gomes, fico muito feliz em saber que você acompanha o meu blog com frequência. Para mim, é muito prazeroso trabalhar em marketing digital, transmitir conhecimento e obter resultados nos projetos que executo. No que precisar, estou à disposição.

      Excluir

 

Melhores do mês

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-me por e-mail

Por que confiar em Paulo Sebin?

  • Especialista em SEO com dezenas de projetos de sucesso.
  • Sempre trabalhou mais de 4 anos por empresa.
  • Certificações Google e Comunicação Social
Copyright © Especialista em SEO e consultor marketing digital - jornalista Paulo Sebin | Layout feito por Templateism.com