AD (728x60)

Copyright Text

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Tendências de SEO 2014

Compartilhe

SEO sofre mudanças constantes. Não seria para menos, afinal, tem total relação com as constantes mudanças e novas tendências da internet. Todos os anos, o Google sempre atualiza o algoritmo com novas regras e comandos que visa oferecer mais qualidade nos resultados de pesquisa.
E para quem trabalha ou se preocupa com a otimização de sites, sempre precisa estar bem informado.

O SEO é como uma faca de dois gumes: de um lado é bom e o próprio Google adora por que as otimização feitas com responsabilidade ajudam os sites a obterem mais qualidade. Por outro lado, ações de otimização que visa spam é prejudicial. Por isso o Google sempre muda seu algoritmo.

Conheça algumas das tendências de SEO 2014


Já li diversos livros e artigos relacionados a SEO. Todos os anos sempre há mudanças e novidades. Entre os anos de 1998 à 2012 usava-se muito o recurso de backlinks por meio de agregadores de conteúdos, como o Linkei, por exemplo, mas atualmente esses sites perderam a qualidade e não se usa mais esse tipo de recurso para buscar backlinks.



Para 2014, atente-se a:

  • Conteúdo é Rei: em 2013, o Matt Cutts, funcionário de alto padrão do Google, disse que a primeira coisa que o dono de um site deve se preocupar é com o conteúdo, e não somente de páginas específicas, mas do site como um todo. O conteúdo precisa ser atrativo, inédito, que prenda a atenção do usuário. E não são apenas textos, mas engloba recursos de imagens, vídeos, slides, infográficos, áudios, entre outros. Nos meus trabalhos de SEO sempre viso a produção de conteúdo único, que diferencia entre os sites concorrentes.
  • Redes Sociais: mais precisamente Google+. O buscador tenta usar menos os backlinks e muito mais fatores sociais para criar o rank de posicionamentos. Dentro do Google+ há milhares de comunidades e seu site ter uma boa relação com os usuários, compartilhamentos de seus conteúdos nessa rede, além da página (fan page) ter muitos seguidores é o que fará a diferença nos resultados de busca.
  • Links de qualidade: isso significa que não adianta incentivar a criação de backlinks para seus site em qualquer lugar. A boa vizinhança é tudo. Se seu site fala sobre advocacia, não é relevante em um fórum que fala sobre culinária ter link para seu site. O conteúdo em si precisa ter íntima relação.

SEO é um conjunto de saberes para 2014

Conhecimentos diversos para realizar ações de SEO é importante em 2014.
Antes, muitos profissionais apenas tinham o costume - e ainda têm - de apenas prestar consultoria de SEO, fazendo observações e sugerindo melhorias para dono do site e profissionais de TI envolvidos. Ora, não penso assim. SEO é mais complexo e abrange muitas áreas. É necessário mais do que nunca a se atentar a problemas e melhorias de programação, resolvendo assim a velocidade do site, códigos mais limpos, presenças de meta tags importantes, prevenção de conteúdo duplicado por meio de Robots, link nofollow, boas práticas de filtros e buscas internas.

Também é preciso boa redação. Como jornalista, essa parte é fácil. A redação de conteúdo é fundamental por que precisa ter alta qualidade, tanto para o Google quanto para boa compreensão do usuário.

Relação de marketing também é importante para a obtenção de backlinks. Ter relações com blogueiros e sites relacionados é essencial para que você seja citado na web. Também aplica-se à redes sociais Esses tipos de usuários não suportam postagens só com promoções, por exemplo.

Ainda há muitas outras áreas que um profissional de SEO precisa saber agora em 2014 e muitos anos a seguir.
Marcações ou categoria: Marketing de Busca, Todos
Imagem do jornalista Paulo Augusto Sebin

Escrito por

Jornalista especializado em marketing de conteúdo e SEO. Atua em comunicação organizacional e otimização de conteúdos para mecanismos de pesquisas. Já atuou em jornal impresso, assessoria de imprensa e emissora de rádio.


11 comentários:

  1. Marcelo Resende Yarni11 de fevereiro de 2014 09:03

    Boa colocação, principalmente quando fala de consultoria. A maioria do profissionais que encontro falam que fazer consultoria, mas pegar o site e otimizar mesmo não fazem. Tenho pós graduação em marketing digital e estou estudando sobre SEO. Parece que vv manja bem do assunto sr. Paulo. Ótimas dicas de SEO para 2014.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Marcelo. Acho que profissionais de SEO devem além de prestar consultoria, trabalhar firme no site, mexendo os códigos, conteúdos e tudo mais.

      Excluir
  2. Marlon Stailer Júnior11 de fevereiro de 2014 15:44

    Ótimo ponto de vista quando fala sobre consultoria cara. Na agencia onde trabalho fechou parceria com uma empresa de SEO, mas eles só fazem isso mesmo que disse. fica só na balela, ahuahua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem tudo pode depender do cliente. Se ele fizer algo de errado e não houver resultado, fica uma situação complicada, não é mesmo?

      Excluir
  3. Tudo isso pelo bem da internet. Obrigado pelas dicas. Isso quer dizer que um site bem ranqueado em 2013 pode cair nos resultados?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Matheus.
      Cada caso é um caso. Imagine se aparecem uns 10 concorrentes que conseguem ótimos compartilhamentos e links no Google+ e seu site nem tanto. Imagine também se esses concorrentes mudam os conteúdos, melhoram e seu site não. Ou seja, os posicionamentos mudam de acordo as regras do Google e ao mesmo tempo com as atualizações do sites. Sugiro que interaja mais no Google+, se tiver que melhorar conteúdo, melhore. Outra dica é monitorar concorrentes. Estou a disposição.

      Excluir
    2. Luiz Gustavo Lambrini15 de fevereiro de 2014 08:49

      Eu acho que o Google está enfiando o Plus por guela abaixo. Tenta convencer usuários do Google a usar o Plus associando tudo. Já reparei também que nos EUA profissionais de SEO estao batendo na tecla de usar o G+ para ações de marketing digital. Mas o G+ é uma droga minha gente...

      Excluir
  4. Eu acho que se uma empresa pequena com poucos recursos o próprio dono do site deve aprender SEO por que é caro a mão de obra e as agências estão enfiando a faca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema não é o preço. De fato, o projeto inicial de SEO tem um custo alto, mas é preciso ter uma manutenção mensal, e nesse caso o valor é baixo, por que toda ação de SEO precisa sempre de manutenção constante. Minha opinião.

      Excluir
  5. Valiosas dicas. Eu estou por conta própria usando Ferramentas de Webmaster do Blogger e consigo melhorar um pouco minha pontuação.

    ResponderExcluir
  6. ótimas colocação, artigo muito bem explicado... agora é colocar em pratica.. sucesso...

    ResponderExcluir

 

Melhores do mês

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-me por e-mail

Por que confiar em Paulo Sebin?

  • Especialista em SEO com dezenas de projetos de sucesso.
  • Sempre trabalhou mais de 4 anos por empresa.
  • Certificações Google e Comunicação Social
Copyright © Especialista em SEO e consultor marketing digital - jornalista Paulo Sebin | Layout feito por Templateism.com